Navios Antigos

O Itapagipe também foi da frota da Bahiana.

 

  • Vapor Itapagipe, após reconstrução.Série Especial: NAVIOS ANTIGOS.
  • Foto: Vapor Itapagipe, após reconstrução.
  • Fonte: Relatório Navegação Bahiana, 1939. 
  • Pesquisa: Amo a História de Salvador – By Louti Bahia.

 O Itapagipe também foi da frota da Bahiana. Por toda a Baía de Todos os Santos, famílias se reuniam em pequenos portos esperando a chegada dele e dos outros navios a vapor. Eles levavam notícias e passageiros de Salvador e votavam com produtos e passageiros do interior. Festa lá, festa cá. 

Leia mais

Vapor Paraguaçu, após reforma.

- Vapor Paraguaçu - Postado

  • Série Especial: NAVIOS ANTIGOS.
  • Foto: Vapor Paraguaçu, após reforma.
  • Fonte: Relatório Navegação Bahiana, 1939. 
  • Pesquisa: Amo a História de Salvador – By Louti Bahia.

O Paraguaçu era mais um navio da Bahiana, uma das primeiras empresas de navegação do Brasil, pioneira na utilização do navio a vapor. Durante décadas, este foi o meio de transporte entre Salvador, algumas cidades litorâneas e o Recôncavo.

 

Leia mais

O Navio João das Botas também fazia a ligação entre Salvador e o Recôncavo baiano.

- João das Botas - Postado

  • Série Especial: NAVIOS ANTIGOS.
  • Foto: Navio João das Botas.
  • Pesquisa: Amo a História de Salvador – By Louti Bahia. 

 

O Navio João das Botas também fazia a ligação entre Salvador e o Recôncavo baiano.

Leia mais

Navio Maragogipe numa das viagens entre Salvador e o Recôncavo.

12219436_955188344520556_887907206899261025_n

  • Série Especial: NAVIOS ANTIGOS.
  • Foto: Navio Maragogipe.
  • Pesquisa: Amo a História de Salvador – By Louti Bahia.

Navio Maragogipe numa das viagens entre Salvador e o Recôncavo.

Por 35 anos ele navegou entre Salvador, as cidades do Recôncavo e as localidades ribeirinhas do Rio Paraguaçu. Transportava cerca de 600 passageiros além de mercadorias como mariscos, frutas, verduras, móveis, etc.

Leia mais